« Anterior | Próximo »

ARVORE SAPUCAIA

ARVORE SAPUCAIA

Conhecida como castanha-sapucaia, cumbuca-de-macaco ou simplesmente “sapucaia”, esta árvore tem origem brasileira e é proveniente da Floresta Pluvial Atlântica. A sapucaia ou cabeça-de-macaco é uma árvore da família das Lecitidáceas (Lecythidaceae) existente na floresta amazônica e na Mata Atlântica, que pode atingir até 30 metros de altura e um metro de diâmetro, ainda que a maioria ronde os 5 a 15 metros de altura e 30 centímetros de diâmetro. Existem várias variedades como a sapucaia-mirim.

A palavra “sapucaia” tem origem tupi, ainda que existam diferenças nas propostas etimológicas: resulta da união dos elementos sa, puca e ia (respectivamente: olho – que se abre – cabaça) – já que ao abrir-se o opérculo do fruto (que é um pixídio) parece que se vê um olho. Por outro lado, há quem considere que “sapucaia” tem origem na palavra tupi “galinha” (elemento de troca entre índios e portugueses que, no início da colonização, as trocavam pelas sementes do fruto – castanhas).

ARVORE SAPUCAIA

ARVORE SAPUCAIA

No Brasil, um grande número de árvores pertencem à família botânica das Lecitidáceas, a mesma à qual pertence a imponente castanheira-do-brasil ou castanheira-do-pará. As sapucaias caracterizam-se pela peculiaridade de seus frutos. Na forma de urnas, de casca dura e de aparência lenhosa, encerram uma boa quantidade de amêndoas comestíveis e muito apreciadas, que se espalham quando, um a um, os frutos amadurecem e, espontaneamente, seus opérculos se desprendem.

CASTANHA SAPUCAIA

CASTANHA SAPUCAIA

 

As Sapucaias e seus frutos, nativos da terra, já eram bastante conhecidos e aproveitados pelas populações que habitavam o Brasil na época da chegada dos primeiros europeus, no século XVI. Estes, por sua vez, sentiram-se atraídos pelas qualidades da planta – útil, exótica e ornamental – e impressionaram-se com suas peculiaridades. A árvore pode atingir até 30 m de altura, o tronco que pode atingir 1 m de diâmetro e possui copa densa. Suas folhas caracteristicamente róseas quando jovens, verdes posteriormente formam um maciço de coloração lilás arroxeada. Quando chega a época da floração, verdadeira festa para as abelhas, a sapucaia se transforma: todo o verde da árvore fica encoberto por uma capa cor-de-rosa, um belo espetáculo propiciado pela conjunção das flores arroxeadas e cheias de aroma perfumado, que tomam a copa da árvore com as folhas novas, que também nascem coloridas de rosa ou lilás.

 

ARVORE SAPUCAIA

ARVORE SAPUCAIA

Florescem de setembro a outubro. Os frutos são arredondados, com casca rígida e espessa de coloração castanha. Quando maduros abrem-se na porção inferior, através de uma característica “tampa”, liberando as sementes (castanhas) comestíveis e saborosas. Frutifica nos meses de agosto a setembro. Os frutos levam cerca de dez meses a atingir a maturação (agosto ou setembro) depois da floração que ocorre logo a seguir, em outubro.

Os morcegos são responsáveis pelo principal processo de disseminação de sementes, sendo atraídos pelo alimento que é proporcionado numa extremidade das sementes.

As amêndoas aromáticas e oleaginosas da sapucaia podem ser consumidas cruas, cozidas ou assadas, constituindo-se em excelente alimento. Podem substituir, em igualdade de condições, as nozes, amêndoas ou castanhas comuns européias, prestando-se como ingrediente para doces, confeitos e pratos salgados.

Vazios, os receptáculos das amêndoas são transformados pelo homem em objetos de uso e de ornamento: cumbucas, caçambas, vasos, potes, pratos, marmitas e o que mais for preciso. (fonte: http://www.jardimdeflores.com.br)

Veja vídeo sobre a Árvore Sapucaia no programa UM PÉ DE QUE? (http://www.umpedeque.com.br/)

E vídeo do Globo Rural sobre a ARVORE SAPUCAIA:

Outros endereços para saber mais sobre a SAPUCAIA:

Categorias: Cachaça Sapucaia