« Anterior | Próximo »

A história da tequila está diretamente ligada ao encontro de duas culturas. Os mais consumiam um fermentado em rituais religiosos, os espanhóis tiveram a idéia de destilar esse líquido e o resultado foi um sucesso. Hoje é consumido em um shot com limão e um copo com a borda salgada.

A autêntica tequila precisa ter pelo menos 51% de açúcar proveniente do cozimento da parte central da planta e ser fabricada por algum desses cinco estados mexicanos: Jalisco (o mais representativo), Guanajuato, Michoacán, Tamaulipas e Nayarit. A mais especial é a Extra Añejo, que precisa envelhecer três anos em barris de carvalho antes de ser comercializada.